Novo visual.

3 Jul

Ora vamos lá ver o novo visual…

O 218 na Ribeira do Porto. Conhecem? É muito giro não é?

Bem vou ver a feira do livro na fundação Gramaxo na Maia. Até já.

Anúncios

Barcos e coisas…

17 Set

Há já algum tempo que não escrevo nada neste blogue. Não é que não tenha vontade, o que acontece é que para além de tsmpo também tenho algumas dúvidas quanto à privacidade de escrever em blogues.
…pensarei mais um pouco na forma coma quero tratar essa ideia de privacidade.

O Verão que se aproxima distanciando-se.

8 Jun

Os parec prometer uma subida da temperatura mas, na realidade, ficam frios e humidos.
Os mais conservadores dizem que é o efeito estufa, já os progressistas não vem anómalia nenhuma.
Como acreditar em alguem se todos parecem estar certos.
Para esta e outras questões, deste género, é que justificaria o estudo da filosofia. As dúvidas existencialistas, a escolha pessoal e menos influenciada.
É, esse será um dos problemas mais prementes de resolver na sociedade.
Veja-se o que disse o primeiro ministro Português ontem, temos que eaclher melhor os juízes do tribunal constitucional…isto assim, a secas até parece que os politicos perderam a vergonha e já não tem receio de serem considerados fascistaa…na realidade parece-me que eatão tão desesperados que dão “tiros nos pés”. Que triste vergonha estamos a viver.

Certente que haverá quem pense exatamente, o mesmo e esteja a ma dar vitupérios para crucificarem o primeiro ministro  e tirarem proveito desse momento deacontrolado. Sim, porque para mim ele descontrolou-se.

Que tristes são as pessoas desesperadas pelo poder.

Escrita digital…até onde.

20 Dez

Escrever ou relatar pensamentos nem sempre é fácil. Quando se pretende escrever sobre determinado assunto e este pode, de alguma maneira, porque isso desconhecêmo-lo, ofender ou deixar desconfortável alguma pessoa, somos a usar de várias técnicas que muito provavelmente alterarão o texto inicialmente pensado. Assim, como forma de libertar aquela ideia ou aquele pensamento, incorremos no “erro” de criar uma história “fictícia” e personagens imaginárias para lhes poder carregar, agora sim com mais incidência e menos comiseração. Em suma, alteramos novamente o que inicialmente queríamos, que era escrever sobre determinado tema.

Voltamos ao início e descobrimos que o nosso blogue, diário digital ou qualquer forma digital de escrever se revela limitativo na hora de escrever a realidade. Aceito que nem todos tenham esse problema porque nem todos somos iguais na percepção da terceira pessoa mas, para quem como eu o é, isso é limitativo e desagradável. Sim, não me incomoda que  as pessoas não venham a saber o que penso delas, sou egoísta e não dou importância a esse pormenor…distância, frieza ou qualquer outra descrição me pode ser aplicada mas isso não me importa, sou humano e através do erro aprendo e cresço. Amanhã certamente que pensarei nisso e verei este texto como uma coisa parva e sem fundamento. Até talvez o elimine, não sei.   

Bajándole los humos a la atrevida ignorancia

7 Jun

 

 

En época de egos inflados, de “marcas” personales con mucho de lo primero y poco de lo segundo, me ha parecido interesante recuperar una investigación que en 1999 demostraba lo cierto de una idea tremendamente popular: la de que no hay nada más atrevido que la ignorancia

El caparazón » Bajándole los humos a la atrevida ignorancia.

Dia Internacional Jazz

30 Abr

O jazz é uma expressão musical que pode «derrubar barreiras e simbolizar a paz e a unidade», defende a UNESCO na proclamação do Dia Internacional do Jazz, que se assinala pela primeira vez esta segunda-feira.

Jazz: Dia Internacional celebra-se hoje pela 1ª vez | Cultura | Diário Digital.

Embracing Drag-and-Drop Sidebars by Creating Your First WordPress Widget – SitePoint

27 Abr

Embracing Drag-and-Drop Sidebars by Creating Your First WordPress Widget – SitePoint.